domingo, 4 de outubro de 2009

Adeus, meus sonhos.

http://1.bp.blogspot.com/_AlcH2t50s3s/SCo3jmjCX_I/AAAAAAAAAPQ/-tSkNOEhLvY/s400/sozinha.bmp

ADEUS, MEUS SONHOS.

Adeus, meus sonhos, eu pranteio e morro!
Não levo da existência uma saudade!
E a tanta vida que o meu peito enchia
Morreu na minha triste mocidade!

Misérrimo! votei meus pobres dias
À sina douda de um amor sem fruto,
E minha alma na treva agora dorme
Como um olhar que a morte envolve em luto.

Que me resta, meu Deus? morre comigo
A estrêla de meus cândidos amôres
Já que não levo em meu peito morto
Um punhado sequer de murchas flores!

Álvares de Azevedo.

14 comentários:

Fatima disse...

Álvares de Azevedo
Tão tristinho!
Bjs.

António Manuel disse...

Caro:
Furtado:

Àlvares de Azevedo ele è fabuloso, sem comètarìos

Parabèns

Tenha uma semana chèia de realizações

Forte Abraço


Antònio Manuel

Ana Martins disse...

Este é um adeus nostalgico, mas muito, muito bonito!

Álvares de Azevedo, um grande poeta sem sombra de dúvida!

Beijinhos,
Ana Martins

AFRICA EM POESIA disse...

ROSEMILDO

Foi bom ver-te no meu prado verde

Um beijo bem amigo

Livinha disse...

Eu bem que entendo Alvares de Azevedo
e sequer bato contrario, a dor de manifesto
sonhos partidos são dores que dilacera o peito
dados momentos derradeitos, que falando serio, Eu detesto!

Furtado, sobre Alvares de Azevedo,
não há o que dizer, indiscutivelmente, grande Poeta!

Meu amigo, linda semana junto aos teus amores...
Bjss

LadyButerfly disse...

Que tu nunca desistas dos teus sonhos...

Beijo grande...

Everson Russo disse...

A tristeza sempre inspiradora e encantadora....belissimo...otima semana pra ti amigo...abrçaos.

stella disse...

Noto tanta tristezza in questi versi.
Buona settimana.

Confesso disse...

Lindo poema retrata o romantismo vivido... Vivido??

Adorei!


Beijos românticos...

RAQUEL CRUSOÉ disse...

O seu blog me fez sonhar.

Obrigada !

Parabéns e muito sucesso sempre.

Um abraço,

Raquel

http://raquelcrusoe.blogspot.com/

REGGINA MOON disse...

Rosemildo querido...

Tenho meus dias, como costumo dizer, meia Álvares de Azevedo, meia Cruz e Souza...faz parte de toda a Poesia, saber descrever os momentos não tão bons, com o realismo que se faz presente nesses momentos....

A melancolia poética desse Poeta é simplesmente divina,

Um beijo!!

Reggina Moon

uminuto disse...

Quando morrem os sonhos, morre uma parte de nós
um beijo

SIMONE MARIANO disse...

ROSEMILDO...

BEIJOS PRA VC...

AMIGA:SIMONE

AFRICA EM POESIA disse...

Rosemildo
Linda a tua estrela
com carinhodeixo para ti...

Aconchego

Poesia...
Tantas vezes...
Tão pequenina...
E que tanto...
Encerra...

....
Hoje...
....

Sem nada escrever...
Apenas a pensar...
Sinto que...
Apenas a poesia...
É o meu aconchego...

LILI LARANJO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...