terça-feira, 4 de agosto de 2009

Num album.

NUM ALBUM
http://3.bp.blogspot.com/_3beVliInAbU/SD8zAe70N-I/AAAAAAAABJw/sHdpVOyRVwk/s400/Mini-%C3%A1lbum-caixa.jpg

Ah! não penses que o peito do vate
É cratera de eterno vulcão,
Que essas horas da vida são flores
Que não pendem, não correm no chão.

Ah! não penses que o lume em seus olhos
É planêta de eterno brilhar,
Que em uns olhos pode uma lágrima
Vir o brilho celeste empanar.

Ah! não penses que a eterna harmonia
Que a uns lábios formosa baixou,
Será sempre suave, divina,
Como aquela que em Deus se criou.

Semideus entre a terra e os céus
Duplo lado se deve tocar;
Um sorriso no amor, na esperança,
Desenganos por onde passar.

Porto Alegre.

15 comentários:

Fatima disse...

Nada como uma choradinha para receber uma atençãozinha né?!Rsrsrsrsr
Freud explica!
bjs.

Rosemari disse...

um poema eterno , maravilhoso, vulcânico.
Muito obrigada meu amigo pela visita e atenção.
um abraço.

A.Tapadinhas disse...

Sabemos que, nem o peito do vate, nem as mãos do pintor, são eternas...

...a nossa esperança é que as suas palavras e as suas tintas, não se apaguem com as lavas dos vulcões...

Abraço.
António

Sun disse...

Olá :)

Por motivos de força maior, a partir de hoje este blog estará assecível somente aos blog's convidados. Por isso, caso queiras continuar a acompanhá-lo, peço que envie o seu e-mail para: sandrasartori@live.com.pt
Um beijo, e desculpem-me o incómodo.
Obrigada.

Gislãne disse...

\o/
:*
d+

tai do nascimento disse...

concordo com a fátima :D

Paraguaya disse...

Amigo queridissomo.

Que linda postagem, estava com saudades de ler algo assim.

Obrigada pela visitinha la no meu espaço e me perdoe pelo desaparecimento. (complicações e ventanias por aqui)

Mas logo ja estarei de volta.

Uma quarta maravilhosa pra vc fiel amigo. Abraços

confesso disse...

Tenho recebido poucos sorrisos, muitos desenganos... Mas me sobra a esperança...

Sempre lindo...


Beijos esperançosos...

Livinha disse...

Esperança é um pedaço de verde
que nos sobra na mão, ainda que todos os desenganos, nos roube o
sim, é o dia de amanhã trazendo nova estação...

Furtado meu amigo, como é bom te ver chegando nas visitinhas... e nas
graças nos promover momentos de alegria...
Um sumiço, peço não me esqueçam,
livinha tá meio perereca com esses
virus fazendo reboliço...

Obrigada e mta paz!
bjss

AFRICA EM POESIA disse...

Meu amigo

O amor é sempre Amor...

Como falar de Amor nunca ´we demais deixo umas linhas...

A tua carta de ...AMOR.


A tua carta de amor...
É mesmo...carta...
Carta...
De pensamentos...
cruzados e ditados...
Que se juntam...
Se ligam...
E tentam...
Ser mesmo...
Carta de Amor...


LILI LARANJO

daufen bach. disse...

OLá meu caro amigo,
aqui vistando teu espaço, teu blog, me deliciando com teus escritos. Acho tive a oportuindad e agradecer as palavras gentís que deixaste em meu blog. Tardei um poucoa, mas aqui retribuindo o carinho.
Abraço a ti e parabéns pelos teus escritos. realmente és um grande poeta.

Abraço
daufen bach.

REGGINA MOON disse...

Rosemildo,

Nada é eterno, só nossos sentimentos e o rastro que deixamos no tempo....

Um grande beijo,
Boa Noite,

Reggina Moon

João disse...

Adoro ler-te!

Marina-Emer disse...

bonito poema ...un abrazo
Marina

Maria Madalena Schuck disse...

Querido amigo, penso que ouve um problema na digitação do nome do autor do poema, que é o meu conterrâneo, Manoel de Araújo Porto-Alegre (1806-1879. Mas isso nos acontece, e os amigos estão aqui para nos ajudar!
Parabéns pelos belíssimos sonetos, tanto os seus como o de imortais.
Aceite meu melhor abraço!
Da amiga Maria Madalena

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...