quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Morta.

MORTA
http://www.oal.ul.pt/astronovas/estrelas/magne1.jpg

Quando exalou seu derradeiro alento,
A tarde suspira, o sol descia.
De nuvens pardas todo o firmamento,
No tão pungente instante se vestia.

Tétrica tarde, fúnebre e sombria,
Para os seus que a cercavam no momento.
Tanta tristeza, e tanta dor havia,
E tanto pranto, e tanto desalento.

Da vida térrea então se despediu,
E com um brando aroma lentamente,
Ela risonha para o além partiu.

E hoje formosa qual estrela pura,
Entre flocos de nuvens transparentes,
Brilha sua alma na celeste altura.

R.S. Furtado.

14 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

R.S. Furtado, hoje leio um soberbo soneto seu, que coisa mais linda nestas 14 linhas da mais nobre arte em poesia, você arrazou, estou aqui babando, parabéns é muito pouco pelo tanto que li,
beijos
Efigênia

Sueli disse...

Rosemildo
Acabei de dizer boa noite à minha "Adelaide" que - se Deus quiser - amanhã também estará do meu lado. Quanta saudade percebi embutida nesse seu poema.
Meu amigo, as palavras não deveriam expressar tanta dor, mas elas conseguem!Comovente!beijos!

Sidney Ramos disse...

Olá Furtado,

Foi comovente e duro imaginar que céu é esse que a gente olha e vai em busca de alguém...
"Entre flocos de nuvens transparentes."
Um abraço forte.

Helô Strega disse...

Olá Furtado!
Amo olhar as estrelas, vejo nelas vida, brilho luz, certamente porque ela devem ser feitas de alma feitas de amor e pura luz!
Agora todas as vezes que eu olhar da estrela lembrarei-me do meu amigo Furtado que tamanha sensibilidade e beleza, ensinou-me um pouco mais sobre elas em seus poemas que parecem feitos por um anjo que vive na terra.
Gosto de sua amizade, muito mesmo!
Tenha uma boa sexta!
Um beijinho feito de poeira do espaço!
Helô

Dina a Ciganinha disse...

Aqui retribuindo sua visita querido, a qual me deixa super feliz amigo!
"Morta" um garnde postado, comovente, saudoso,um conteúdo rquissimo, onde as belas imagens ocultarm a tristeza!
Amigo vc sobeja inspiração. Ler-te é uma necessidade, gosto muito de vir aqui nessa escolinha! rsrs...

bjs meus!
Diná

confesso disse...

Que belo meu poeta, fez minha alma silente trazendo-me lembranças de queridos que estrelas hoje são...


Beijos suspirados...

Gislãne disse...

lindooooooooo
sem mais
eu
rs

Pedro Antônio disse...

Pois é, Rosemildo!

Você tem toda razão!

Só o coração poderá dizer se devemos ou não nos arriscar por alguma coisa ou alguém! E tomara que ele não erre! (rsrsrsrsrsrs)

Abração!

Pedro Antônio

Lucy disse...

Belíssimo Furtado...parabéns !!!.^
Adorei a colocação das palavras.

Aproveitando pra te desejar um feliz dia dos pais(nem sei se vc é papai rs)...(...)


Bom FDS...bjos*

AFRICA EM POESIA disse...

Furtado
O que eu disse à Ana posso dizer para ti...
Pois grito e silêncio são ambos muito importantes...

O silêncio faz parte das nossas vidas e pouca gente gosta do silêncio.
Muita gente mal chega a casa liga o rádio alto põe a tv alta porque tem medo do silêncio Tem medo de se ouvir.
Até tem medo de que Deus lhe falee eles não querem escutar....
Mas...o grito é muito importante

temos que gritar para que o mundo nos ouça e se interrogue...


um beijo forte

Livinha disse...

Meu grde amigo Furtado,
Estrelas todas elas são tão belas
e sempre alguma do outro lado uma saudade acena...
Talvez assim, se torna mais fácil, dizer que não estamos sozinhos,
e namorar com elas como olhos que piscam no visual da mente, bendita tela e no silencio um balbucio premente: Hei, fica comigo!

Maravilhoso poema e nem te preciso falar mais nada...
..................................

Olha, estou retorno a casa, confesso que passei esses dias brabo com uma intrusa dentro dela alojada, Dna Agripina... Passe lá e veja...

Feliz final de semana pra você..
ah, e parabéns pela paternidade de ser....
:o falei alguma bobagem? claro que não rsrsss

Bjs

REGGINA MOON disse...

Rosemildo,

Uma maneira poética de morrer..."ela risonha para o além partiu..."

Para a Libertação, talvez.

Um beijo e ótimo final de semana!

Reggina Moon

Sonia Schmorantz disse...

É linda, cheia de esperança, nos faz acreditar que ao olhar o céu, poderemos um dia ver o sorriso das pessoas que amamos...
abraço, bom final de semana

Andresa disse...

A morte as vezes é um alivio para a pessoa que parte. Um alivio da dor e do sofrimento. Por isso acredito que muitos vão sorrindo. Embora deixam tristeza e saudade para os que ficam.

Bela retratação

Um grande abraço
Andresa Araujo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...