segunda-feira, 20 de julho de 2009

A melhor cousa.

A MELHOR COUSA
http://www.apodi.info/bbc-2008/mae-filho-terra.jpg

Qual a melhor, ó criança,
das cousas todas que vês?
O mar que nunca se cansa?
A flor, que o vento balança?
O ninho que a rola fez?

O brinquedo com que brincas?
A bala doce que trincas?
O peralta do teu cão?
O livro que histórias conta
ou a lua que desponta
lá no céu, como lampião?

O sol, que da terra ao fundo
torna o grãozinho fecundo
melhor que tudo será?...
Desde o sábio mais profundo
ao mais pobre vagabundo,
nada é melhor neste mundo
que a mamãe que Deus nos dá!

Maria Eugênia Celso

12 comentários:

disse...

Oiêe,

Quando li este poema lembrei-me dos tempos de criança em que ouvia minha mãe ler estas palavras...na época, pouco entendia, mas, as palavras invadiam-me de tal forma que era como uma magia..tocava meu coração...

Lindo seu blog..um mundo de palavras e sentimentos...

Ah, obrigada por passar lá no meu cantinho..Qto ao caos e a ordem (rsss...), bem, quem sabe se a ordem é superior ao caos??? Às vezes, caos e ordem misturam-se numa profusão tão grande que nem dá para distinguir...

Passa lá no meu cantinho de devaneios qdo vc tiver tempo..tem um post em homenagem aos meus amigos... ;)

Livinha disse...

Olha, tá demais tuas tão tocantes mensagens... muito faz doer a miseria que em tantas portas bate..
Feliz de quem experimentou um seio de mãe
e a ela valorizou...
Infeliz de quem passa pelas oras funestas, sem nunca saber o que é o amor...


Dia de Amigos Futado,
Por isto estou aqui
somente para agradecer,
amigos não são escolhas,
são sintomas do tudo a ver,
Amigos são afinidades
aqueles a bem da verdade
que comunga com a gente
num jeito qualquer de ser...
Obrigada pela amizade
obrigada por ser você...

Bjss grde
Livinh@__

Sonh@dor@ disse...

Olá Amigo!
Que bonito Poema e cheio de sensibilidade...mensagem muito tocante,para tanta miseria que existe...
LINDOOOOOO!!!!

Um pouco atrazada mas amizade não tem dia,é todos os dias tem um miminho para si.

Beijinho
"Sonh@dor@

Renata Braga disse...

Lindo!

Adoro passar por aqui héim...fico em paz.


Bejossss

Barbara disse...

De todas as coisas de mais sábias ou profundas nada foi melhor neste mundo do que a mamãe que Deus me deu (emprestou) por 10 anos.
Hoje 21 de julho seria o aniversário dela e agradeço a coincidente oportunidade de escrever isto aqui.
PESSOAS! Sejam bons , generosos com vossas mãe e perdoem tudo se houver o que se perdoar.

Paraguaya disse...

Queridoooooo.

Você sempre surpreendendo não é?!

Sou tua fã....rs

Abraços.

Gislãne disse...

amei seu blog
virei seguidora
bjos

confesso disse...

Lindo...

Me faz voltar ao passado, à minha inocência... Menina ingênua...


Beijos açucarados...

Ana Martins disse...

Lindo, maravilhoso... Grata pela partilha!

Beijinhos,
Ana Martins

Sueli disse...

Rosemildo...
Quanta doçura nessas palavras.
Quanta simplicidade e verdade.
Sempre escolhe palavras que vêm repletas de significado e valor!
Eu - que nunca fui muito de poesia - tenho aprendido muito nesse seu espaço. Obrigada e uma ótima semana. beijos.

Paula Roberta disse...

Menina,até hoje sei de cor!! Lindo de mais!

Paula Araujo disse...

Li esse poema por volta dos 9 anos de idade e mesmo com pouco entendimento, fiz questão de decorá-lo e declamá-mo pra minha mãe no Dia das Mães!
Nunca esqueci o evento, tão pouco os versos tão preciosos e cheios de verdade e sensibilidade!
Uma salva de palmas para a Sra. Maria Eugênia Celso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...